Rios Goianos: jornalismo ambiental com DNA goiano

Senar Goiás protege nascente do Parque Vaca Brava

protecao de nascentes orizona 18 09 2015 annevilela 52                       Iniciativa já passou pelos quatro cantos do estado. 

Quem pensa que proteção do meio ambiente e produção agropecuária não podem conviver no mesmo espaço está enganado. E quem pensa que ações de cuidado com a natureza acontecem somente longe das áreas urbanas e engarrafadas, ainda mais. Prova disso é que a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) chegam, na próxima sexta-feira (20), ao Parque Vaca Brava levando o Programa Nacional Proteção de Nascentes. Percorrendo vários municípios goianos em busca de aliados no trabalho em prol do meio ambiente, as entidades querem mostrar a preocupação do setor agropecuário com a qualidade da água. O lançamento do Programa acontece ás 9 horas.

A iniciativa faz parte das ações da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Administração Central do Senar, que em março deste ano fizeram o lançamento nacional do Programa com o objetivo de proteger e recuperar nascentes em todo o Brasil, envolvendo a participação de todos os estados. Em Goiás, já vestiram a camisa em prol do meio ambiente os municípios de Aparecida de Goiânia, Bela Vista de Goiás, Orizona, Itaberaí, Silvânia, Rubiataba, Alexânia, Trindade, Niquelândia e Ouvidor.

Ao todo, cerca de 160 nascentes já foram identificadas, cercadas, limpas, cadastradas e seguem sendo monitoradas. Trata-se das cinco etapas do Programa, que conta ainda com o controle da erosão e o replantio de espécies nativas no local. No Vaca Brava não será diferente. Alunos de escolas municipais estarão no local para ajudar no plantio das mudas e mostrar que mesmo pequenos, já sabem da importância de cuidar da natureza.

À quatro mãos
O presidente do Conselho Administrativo do Senar Goiás, José Mário Schreiner, vai estar no local falando sobre a iniciativa e apresentando outras ações das entidades em prol do meio ambiente. Schreiner, que também é presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), explica que a meta nacional é proteger mil nascentes até o final do ano, e que em Goiás o objetivo é recuperar cerca de 200 nascentes.

No caso do Vaca Brava, Schreiner ainda destaca outra parte importante do trabalho em prol do meio ambiente: as parcerias. Toda a área do parque está sob responsabilidade da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA) e a intenção é que Faeg e Senar contribuam com o trabalho que já vem sendo realizado. “Nós vamos identificar a nascente, cadastrá-la e monitorá-la juntamente com a AMA. Assim, se houver necessidade de cercar o local e plantar outras mudas nativas o processo será feito rapidamente”, diz. “A família Faeg e Senar Goiás também são parceiros da iniciativa. Eles irão vestir a camisa da proteção do meio ambiente e ajudar na limpeza do parque”, completa.

Câmara Itinerante
Na sexta-feira (20), a ação conta com o apoio da Câmara Municipal, que realiza um dia antes a 4ª edição da Câmara Itinerante: projeto que leva vários atendimentos à população. Atendimentos médicos e de cidadania, orientação jurídica e prestação de serviços do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran), da Companhia Energética de Goiás (Celg), da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) e do Serviço Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) são exemplos do que vai acontecer no local.

O evento, que acontece a partir das 8 horas no Cepal do Jardim América, conta ainda com demonstrações de cursos do Senar Goiás. Quem passar pelo local vai poder conferir partes dos treinamentos de Panificação Rural/Frutos do Cerrado e Hidroponia.

Michelle Rabelo

Foto – Anne Vilela

eCycle

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Secured By miniOrange